• Glaucoma é uma doença crônica do nervo óptico com perda progressiva do campo visual que causa danos irreversíveis à visão quando não diagnosticado e tratado a tempo, podendo até levar a cegueira.



    CIRURGIA A LASER COM LASER DE MICROPULSO AMARELO:
    Laser de luz amarela aplicado na região do trabucado (local de escoamento do humor aquoso - líquido produzido pelo olho em seu segmento anterior), em forma de micropulsos. Ele realiza o aquecimento controlado do local de aplicação e não destrói as células como fazem os aparelhos antigos, melhorando a drenagem do humor aquoso para fora do olho por sua via convencional. Pode ser utilizado, hoje em dia, como tratamento em primeira escolha: logo que é diagnosticado o glaucoma ao invés dos colírios ou em alguns casos juntamente com os colírios. Além disso pode ser também realizado para pacientes que já fazem uso dos colírios para diminuir ainda mais a pressão dos olhos. Com a finalidade de parar com o uso dos colírios ou de diminuir a quantidade ou de evitar até mesmo algum procedimento cirúrgico. Esse tipo de procedimento pode ser repetido para se alcançar resultados semelhantes, uma vez que tem um efeito temporário (aproximadamente 2 anos.

    Converse com o seu médico para avaliar as possibilidades!
  • QUEM NECESSITA DE CIRURGIA A LASER?
    Muitos pacientes podem se beneficiar do tratamento com Cirurgia a Laser a depender do tipo de problema a ser enfrentado, a fim de prevenir perda de visão.
    A única maneira eficaz de se dizer se há necessidade de Cirurgia a Laser ou qualquer outro tratamento é a cuidadosa avaliação oftalmológica com o seu médico, o qual realizará os exames necessários para saber a real gravidade dos problemas.



    Cirurgia a Laser de Retina é comumente utilizada nas seguintes condições oculares:
    • Retinopatia Diabética;
    • Oclusão de veias da retina;
    • Degeneração macular relacionada à idade;
    • Roturas retiniana e descolamento de retina;
    • Coriorretinopatia Serosa Central;
    • Tumores oculares e outras.

    RETINOPATIA DIABÉTICA
    Ocorre devido à alterações dos vasos sanguíneos pelas alterações prolongadas da glicemia (nível de açucar no sangue). Ameaçando a visão central e a saúde dos olhos, além de atingir também a microcirculação de outros órgãos importantes como os Rins, Coração e Cérebro (nervos crânianos).
    Edema macular diabético: acúmulo de líquido no interior das camadas da retina que pode atingir a visão central e necessitar Cirurgia a Laser associado à Terapia Antiangiogênica.
    Retinopatia diabética proliferativa: fase avançada da doença retiniana causada pelo Diabetes na qual existem formações de vasos sanguíneos anormais (neovasos) na retina e até mesmo em outras regiões dos olhos como no trabeculado (sistema de drenagem do líquido intraocular - humor aquoso). Nessa fase existe risco iminente de perda de visão, seja por Hemorragia intraocular, Descolamento de Retina ou mesmo Glaucoma (neovascular). Sendo, portanto, imperativo o tratamento, seja com Cirurgia a Laser associado à Terapia Antiangiogênica ou mesmo cirurgia de retina para evitar perda ainda maior da visão.

    OCLUSÃO DE VEIAS DA RETINA
    As veias da retina são pequenos vasos que drenam o sangue de volta para o coração após ele chegar pelas artérias para nutrir as células da retina. Elas podem ficar obstruídas, principalmente, por alterações relacionadas à idade (esclerose vascular). Mais comumente em pacientes com doenças relacionadas à circulação como Hipertensão arterial e Diabetes pois atingem a microcirculação do nosso organismo.
    Esta obstrução pode atingir vasos sanguíneos muito próximos da região central da retina (mácula) e gerar acúmulo de líquido no interior da retina (edema retiniano) e, por fim, afetar a visão.
    Com a falta de vascularição por tempo prolongado pode haver crescimento de vasos anormais (neovasos) e gerar complicações como Hemorragia intraocular ou Glaucoma (neovascular). Isso geralmente ocorre em casos em que o diagnóstico não foi realizado precocemente.
    Nesses últimos dois casos são necessários tratamento com Cirurgia a Laser associado a Terapia Antiangiogênica.

    DEGENERAÇÃO MACULAR RELACIONADA À IDADE
    Algumas pessoas desenvolverão alterações da mácula (região central da retina responsável pela visão central e de detalhes - incluindo leitura) devido à idade.

    QUEM TEM MAIOR RISCO PARA DESENVOLVER A DOENÇA?
    • Adultos com mais de 50 anos;
    • Pessoas com histórico familiar de DMRI;
    • Tabagistas
    • Pessoas com pele e olhos claros;
    • Sexo feminino;
    • Muita exposição solar;
    • Alimentação desbalanceada.

    FORMAS DA DOENÇA:
    • Seca ou Atrófica: manifesta-se em 90% dos casos. É mais amena e de progressão gradual. O diagnóstico precoce ajuda a retardar sua evolução;
    • Exsudativa ou úmida: caracteriza-se por perda visual aguda e grave com formação de manchas no campo visual, que afeta principalmente a visão central.
    • Ocular histoplasmosis.

    DIAGNÓSTICO:
    Estamos equipados com a mais moderna tecnologia para o diagnóstico dessa doença de forma não invasiva:
    • Retinografia digital;
    • Autofluorescência de fundo;
    • Angio OCT SweptSource - Tomografia de coerência óptica com angiografia sem utilização de contraste. Alta resolução das camadas da retina e funcionalidade vascular.
    Dispomos dos mais modernos medicamentos e equipamentos para o tratamento da Retinopatia Diabética, como:
    • Cirurgia a Laser (MPLT Yellow) – Único e Referência em Manaus
    • – Tendência mundial;
      – Tratamento indolor que não destrói e sim regenera as células da retina.
    • Terapia Antiangiogênica;

    ROTURAS RETINIANAS E DESCOLAMENTO DE RETINA
    A retina é um fino tecido composto de neurônios que levam a informação dos olhos para o cérebro. Ele está em ínitmo contato com o Humor Vítreo (substância de aspecto gelatinoso que preenche os olhos em sua porção posterior).
    O Humor Vítreo pode se descolar da parede ocular e tracionar a retina neurossensorial espontaneamente ou relacionados a traumas ou mesmo após cirurgias intraoculares (Refrativa, Catarata, Glaucoma). Quando isso ocorre pode haver rasgadura da retina e posteriormente descolamento da retina por entrada de líquido abaixo da retina.
    Para isso Cirurgia a Laser ao redor da rotura retiniana pode conter o processo natural e impedir que o líquido entre por baixo da retina e gere o descolamento.

    CORIOTINOPATIA SEROSA CENTRAL
    Na Serosa central ocorre extravasamento anormal de líquido através dos vasos retinianos e/ou coroidianos (estrutura abaixo da retina muito vascularizada) gerando Edema Subrretiniano. É mais comum em pessoas com altos níveis de estresse ou personalidades mais ativas/agitadas (Personalidades do Tipo A) ou em pessoas que façam uso de tratamento com corticóides.
    Esse edema pode atingir a visão central e gerar alguns disturbios visuais como distorção das imagens ou mesmo manchas na visão permanentes.
    Na maioria dos casos esse líquído é reabsorvido espontaneamente (cerca de 80% dos casos nos primeiros 3 meses) em casos não relacionados a outras doenças ou ao uso de medicação.
    Em alguns casos quando ele se torna crônico (além de 6 meses de evolução) indica-se o tratamento. Podendo utilizar Terapia Antiangiogênica ou Cirurgia a Laser na retina afetada.

Acesse Nosso Canal no Youtube

O Assunto é Pterígio

Dr. Roberto Mascato em entrvista para a TV ACritica explica como a cola biológica facilita a cirurgia de Pterígio, popularmente conhecida como carne crescida no olho. O procedimento diminui o recuperação e evita os pontos.

Cirurgia de Facectomia

Cirurgia de Facectomia + Implante de Válvula Express para Glaucoma realizada pelo Dr. Roberto Mascato no Hospital de Olhos Julia Herrera. (DT - 2020)

DICA #1 - Consulta Oftalmolóca

Saiba dos cuidados a serem tomados na consulta Oftalmológica e na escolha dos óculos.

Convênios

  • ambep
  • amil
  • bradesco
  • cassi
  • claro
  • eletrobras
  • embrapa
  • embratel
  • gama
  • golden cross
  • infraero
  • maritima
  • medial
  • pame
  • petrobras
  • policia civil
  • saude caixa
  • sulamerica
  • unibanco
  • unimed

Siga-nos nas mídias sociais

Você também pode nos acompanhar nas mídias sociais clicando nos ícones abaixo. Mais um meio de comunicação entre o Hospital e você.

Nosso canal no Youtube

Você também pode assistir a dicas e procedimentos no nosso canal no YouTube clicando aqui!