• Rua Tapajós, 645/655. Centro, Manaus/AM
  • (92) 3233-5555, (92) 98118-1168
  • Seg a sex: 12:30h às 19h Sáb 08:00 às 12h e 13:00 às 17h

Blog

Novo Coronavírus: mitos e verdades, sintomas e como prevenir a doença

Novo Coronavírus: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Você, com certeza, já ouviu falar do novo Coronavírus, o Covid-19. Ele pertence a uma família de vírus já conhecida da medicina, porém possui uma configuração genética diferente. Ou seja, ainda não existem formas efetivas de combate, como vacinas, por exemplo.

Outro fato que preocupa é a disseminação da doença, que já alcançou vários países, causando muitas mortes.

Mas, afinal, há motivo para pânico? Existem formas eficazes de prevenção? Essas e outras questões você confere neste artigo. Acompanhe!

O que mesmo é o novo Coronavírus (Covid-19)?

Como dissemos no início deste artigo, o Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Alguns membros dessa família costumam infectar humanos, como o Alpha Coronavírus 229E e NL63 e beta Coronavírus OC43, HKU1.

O novo Coronavírus, o Covid-19, foi descoberto em 31/12/2019 após os primeiros casos registrados na China. Pesquisadores acreditam que ele é resultado de uma mutação, que ocorre naturalmente entre os vírus.

Risco de morte: há motivos para pânico?

Embora o novo Coronavírus já tenha feito vítimas fatais em todo o mundo, observa-se que a taxa de letalidade em relação a outros vírus, como o Ebola e gripe A (H1N1), é bem menor.

No Brasil, outra doença representa uma ameaça ainda maior. É a dengue, causada pelo mosquito Aedes Aegypti, com cerca de 755 mortes em 2019, bem maior do que nos anos anteriores. Em 2018 foram 155, em 2017 185.

Em relação ao Covid-19, outro ponto já observado são os pacientes mais vulneráveis. Quanto mais velha a pessoa for, maiores os riscos de morte.

A condição do paciente também pode ser um fator agravante. Pessoas com doenças cardiovasculares, diabetes, doenças respiratórias e hipertensão estão nos grupos de maior risco.

Não deixe de conferir também:
Quando ir ao oftalmologista? Veja 7 sinais que acendem o sinal de alerta!
Problemas na córnea: uso indevido de lentes de contato podem ser um perigo para os seus olhos!

Dúvida: o novo Coronavírus é mais perigoso que a gripe?

Atualmente, não há como comparar as duas doenças. Afinal, muitas pessoas com sintomas leves (ou nenhum sintoma) optam por não ir ao médico (ou não são orientadas a isso).

Dessa forma, não é possível precisar quantos casos de gripe, ou de qualquer outro vírus, a cada ano. Há apenas estimativas que dão uma noção, porém não tão precisa.

De qualquer forma, a melhor orientação para evitar qualquer doença viral é adotar medidas de prevenção, sobre os quais falaremos mais adiante.

Quais os sintomas do Coronavírus?

Os primeiros sintomas da doença podem se confundir com um resfriado comum. O período de incubação da do Coronavírus é de 5 dias e os primeiros sintomas podem surgir após este período.

  • Dores pelo corpo e articulações;
  • Febre alta por mais de dois dias;
  • Dificuldade para respirar;
  • Cansaço extremo.

Estes sintomas pedem atenção urgente. Em todo caso, nunca é demais buscar assistência médica. Os especialistas indicarão o tratamento correto, a depender da gravidade da infecção.

Como prevenir a contaminação por novo Coronavírus?

Lave suas mãos regularmente

É importante garantir que as mãos estejam sempre higienizadas, e de maneira adequada. Além de usar bastante sabão e água corrente, é preciso esfregá-la por ao menos 20 segundos, segundo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

É importante, ainda, usar álcool gel para eliminar qualquer traço do vírus das mãos. Preste bastante atenção na hora de lavar as mãos ou usar álcool gel. Esfregue bem entre os dedos e punhos, além das pontas dos dedos.

Evite tocar o rosto e mucosas

Tocar com as mãos no rosto pode facilitar a contaminação por vírus. Evite o contato direto com os olhos, narinas e boca. Nessas regiões existem mucosas, tecidos de pele muito sensíveis, que podem ser portas de contaminação.

Roer unhas também é um risco, não só para vírus, mas para germes e bactérias nocivas à saúde.

Cuidado ao tossir e espirrar

Uma pessoa infectada espalha o vírus por meio daquilo que ela expele ao espirrar e tossir. Uma dica que pode ajudar muito a prevenção é cobrir a boca e o nariz ao espirrar e tossir.

Ainda de acordo com as orientações da OMS, a melhor forma de fazer isso é com lenços descartáveis, que devem ser jogados no lixo assim que utilizados. Se isso não for possível, dobre o braço e espirre próximo ao seu cotovelo.

Não esqueça de lavá-lo depois.

Mantenha distância das pessoas

Esta, com certeza, é a desculpa perfeita para os antissociais se manterem distantes dos colegas de trabalho e familiares. Brincadeiras à parte, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as pessoas não ultrapassem o limite de um metro de distância umas das outras.

Essa é a distância que os fluídos contaminados podem alcançar em um espirro.

Este conteúdo ajudou você? Esperamos que você esteja mais tranquilo, agora que você já sabe como se prevenir do novo Coronavírus, – Covid-19. No nosso blog você encontra outros conteúdos que podem ser úteis. Leia também: Existe relação entre dor de cabeça e problema de visão? Descubra!

Escreva um comentário