• R: Salvador, 440, Ed. Soberane - Torre Corporate, 11º andar- Adrianópolis
  • Av. Coronel Teixeira, 6225 | Britannia Park Offices | 6o andar | sala 603 | Ponta Negra (Em breve)
  • (92) 3233-5555, (92) 98118-1168
  • Seg a sex: 12:30h às 20h Sáb 08:00 às 12h e 13:00 às 17h

Blog

Olhos vermelhos: conheça as causas, diagnósticos e tratamentos

Olhos vermelhos

 

Olhos vermelhos ocorrem quando os vasos sanguíneos da região ficam aparentes. É  uma condição normal que afeta todas as pessoas pelo menos uma vez na vida. Mas não adianta tratar a visão quando isso acontece sem saber qual a causa dos olhos vermelhos.

Isso porque várias doenças se manifestam no organismo causando este sintoma. Os vasos sanguíneos se expandem na superfície do olho causados pela inflamação, que geralmente é gerada por uma irritação ou infecção, acompanhadas ou não de dor ou coceira.

Na maior parte das vezes, essa inflamação que provoca os olhos vermelhos ocorre na membrana que recobre o branco dos olhos, chamada de conjuntiva, dando à visão um aspecto estranho e esteticamente desagradável.

Bom, até aqui você já viu que os olhos vermelhos podem ser uma consequência de um problema maior. Vamos saber quais podem ser? Para descobrir é só continuar a leitura do artigo.

Este conteúdo foi elaborado com objetivo mero e exclusivamente informativo e não substitui a consulta com um oftalmologista. Procure sempre um médico para fazer o diagnóstico.

Você pode se interessar por:

4 doenças da retina e suas causas: como se prevenir? Descubra

Possíveis causas dos olhos vermelhos

Uma das causas mais comuns para os olhos vermelhos é cansaço ou tosse. Com isso algumas linhas e manchas rosadas ou vermelhas podem se formar na conjuntiva. O aspecto do olho pode ser motivo de alarme porque a área fica densa e muito vermelha devido ao esforço do corpo

Outro fator importante que pode deixar os olhos vermelhos é uma condição chamada olho seco. É provável que alguma vez você já tenha sentido esse incômodo.

Leia também:

Quando se deve fazer uma consulta oftalmológica?

Sobre os olhos secos

É uma condição, também comum, mas que causa grande incômodo. Em alguns casos pode se tratar de uma síndrome, por isso não perca tempo e procure logo um oftalmologista para avaliar seu quadro, principalmente se você está com olhos vermelhos.

Mas primeiro vamos explicar algo importante sobre a lágrima. Ela é uma mistura de óleos, água e muco que hidrata, lubrifica e fornece nutrientes ao globo ocular. Se algo interfere no equilíbrio dessa composição, a produção de lágrima é afetada ou diminuída, causando olhos ressecados.

Algumas causas possíveis são:

  • idade acima de 40 anos;
  • alterações hormonais (gravidez, menopausa ou anticoncepcionais);
  • lentes de contato;
  • clima seco, poluição, fumaça de cigarro e ar-condicionado;
  • uso excessivo de dispositivos eletrônicos (tablets, computadores e celulares);
  • doenças como: diabetes mellitus, Parkinson, lúpus, artrite reumatoide ou a síndrome de Sjögren;
  • efeitos colaterais de medicamentos;
  • deficiência de vitamina A ou ômega 3.

Sintomas comuns:

  • sensação de areia nos olhos;
  • intolerância à luz;
  • ardência
  • coceira;
  • visão embaçada;
  • olhos vermelhos;
  • lacrimejamento excessivo.

Maneiras de prevenir o ressecamento dos olhos:

  • lembre-se de piscar frequentemente;
  • tome bastante água;
  • descanse a vista regularmente, se usa o computador;
  • adicione ômega 3 à dieta;
  • proteja os olhos da poluição;

Importante: não se automedique com pomadas e/ou colírios. Apenas um médico poderá fazer o diagnóstico do seu quadro e prescrever o tratamento adequado.

Tratamento para olhos vermelhos

A forma mais segura de tratar essa condição não é comprando qualquer colírio no balcão da farmácia. O primeiro passo é sempre procurar orientação médica caso note algo estranho na visão.

Quando buscar ajuda médica?

Sempre que uma condição causar incômodos o mais certo a se fazer é buscar ajuda. Isso porque, no caso de uma doença ainda no início, o diagnóstico e tratamento precoce têm mais chances de dar certo sem deixar nenhum dano permanente na visão. 

Após a consulta, certos exames podem ser solicitados para fazer o diagnóstico e aí sim começar o tratamento. Cada caso e cada doença vai pedir um tratamento diferente, que pode ser com o uso de colírios,  medicamentos de uso tópico como corticoides ou antibióticos. Em casos severos, pode ser recomendada uma cirurgia. Mas isso apenas um oftalmologista vai poder indicar.

O Julia Herrera Hospital de Olhos é especialista no assunto saúde ocular. Aqui é o local ideal para cuidar bem da saúde dos seus olhos. A equipe técnica é altamente capacitada e preparada para qualquer diagnóstico.

E conta com os recursos dos equipamentos de última geração, para diagnósticos e tratamentos mais precisos. O recém chegado Topógrafo Corneano CA-800 da empresa Topcon Europe Medical realiza avaliação diagnóstica completa da superfície corneana anterior, bem como observação das glândulas meibomianas e análise da película lacrimal.

O tratamento é feito através da Optima ILP – M22 (Luz Intensa Pulsada). Esses pulsos de luz penetram na pele ao redor dos olhos, reduzindo a inflamação e as alterações vasculares das margens palpebrais onde drenam as glândulas de Meibomius. Além disso, o calor produzido ajuda a desobstruir e ativa a inervação das glândulas, fazendo-as voltar a funcionar adequadamente melhorando assim os sintomas do olho seco.

Optima IPL – M22

Gostou do nosso conteúdo? Você viu que os olhos vermelhos são uma condição comum que se manifesta no organismo devido a doenças ou irritações importantes. Geralmente são de fácil tratamento, mas não dispensam a análise e diagnóstico de um médico oftalmologista. Ao sentir qualquer desconforto ou algo fora do normal, não hesite em agendar uma consulta. Para isso, basta clicar no banner abaixo.

Escreva um comentário