• R: Salvador, 440, Ed. Soberane - Torre Corporate, 11º andar- Adrianópolis
  • Av. Coronel Teixeira, 6225 | Britannia Park Offices | 6o andar | sala 603 | Ponta Negra (Em breve)
  • (92) 3233-5555, (92) 98118-1168
  • Seg a Sex: 13h às 20h30 Sáb: 08h às 12h

Blog

Ceratocone é grave? Conheça os sintomas e tratamento!

Conheça melhor os sintomas e os tratamentos para o ceratocone

Troca constante de óculos, contornos brilhantes nas luzes noturnas e imagens fantasmas são sintomas comuns de problemas de visão. No entanto, quando há alteração física nos olhos, como o aparecimento de uma curva na córnea, é necessário procurar um médico. Ceratocone é grave e necessita ser tratada o quanto antes para não comprometer a vista permanente.

Para tirar as suas dúvidas sobre este assunto, continue a leitura do nosso artigo.

Você pode se interessar por:

– Quais os cuidados com o uso de lentes de contato

Por que ceratocone é grave?

Como o próprio nome sugere, esta doença faz a córnea se projetar para a frente, formando uma espécie de cone ocular. Ceratocone é grave porque pode comprometer a visão se não for tratada.

Não se sabe ao certo o que desencadeia a ceratocone. Hereditariedade é um fator importante, assim como o hábito de coçar os olhos com frequência e força. Pessoas alérgicas tendem a desenvolver a doença.

Na ceratocone, os olhos ficam curvados e mais finos. Ela geralmente surge na adolescência e evolui até os 30 anos, faixa em que ela estabiliza. 

Sintomas de ceratocone

  • Curva acentuada da córnea;
  • Aparecimento ou piora da miopia e/ou astigmatismo;
  • Trocas constantes do grau dos óculos;
  • Imagens fantasmas;
  • Aumento da sensibilidade à luz;
  • Halos noturnos. 

O diagnóstico, feito apenas por um oftalmologista, leva em consideração as condições clínicas do caso e é feito com a ajuda de exames específicos, como a topografia corneana, para avaliar a curvatura, e a paquimetria, que analisa a espessura da córnea.

Tratamento de ceratocone

A doença não tratada pode afetar seriamente a qualidade de vida. O tratamento varia de acordo com o grau de avanço da ceratocone, podendo ser tratada com lentes de contato rígidas ou até intervenção cirúrgica.

Em estágio inicial, óculos corretivos proporcionam uma boa visão. Quando estes não surtem os efeitos esperados, entram em cenas as lentes de contato rígidas, para deixar a córnea mais plana.  

Outra via de tratamento é o crosslinking. A técnica consiste na aplicação de um colírio especial à base de riboflavina (vitamina B2), que, posteriormente, é ativado por um feixe de luz ultravioleta para enrijecer a córnea, aumentando a sua resistência.

Agora, quando a curvatura é muito acentuada, a córnea é fina demais ou há cicatrizes na região, a melhor opção é fazer o transplante de córnea.

O risco de desenvolver ceratocone é grave quando:

  • Há histórico familiar direto – pai ou mãe;
  • Existe o hábito de coçar os olhos constantemente e com força;
  • Não incluir no check-up oftalmológico a topografia corneana pela ausência de sintomas.

Este conteúdo foi útil para você? No artigo você viu que ceratocone é grave e que ficar atento aos sintomas é essencial para um diagnóstico precoce com mais chances de tratamento, sobretudo em grávidas, devido às alterações hormonais. 

O Julia Herrera é o local mais indicado para cuidar da sua visão. Nosso time de especialistas é referência em tratamentos oculares.

E para entender mais sobre os cuidados com os olhos, recomendamos a leitura do artigo abaixo:

– Quando ir ao oftalmologista? Veja 7 sinais que acendem o sinal de alerta!

Escreva um comentário